O que você entende por “Bem-Estar”? Confira aqui se condiz

O que você entende por “Bem-Estar”? Confira aqui se condiz

Ultimamente temos escutado muito se falar em bem-estar não é verdade?

Mas o que você entende por “Bem-Estar”? Confira aqui nesta matéria se as suas ideias são condizentes com a realidade.

Se analisarmos a fundo o seu conceito, chegaremos a conclusão de que ele pode está relacionado a qualidade de vida. Sendo assim, vejamos…

Bem-estar nada mais é do que uma série de fatores que envolve uma boa nutrição, associada a práticas de atividades físicas e também bons relacionamentos sociais, seja com a própria família, amigos ou até mesmo com seres de outras espécies, como animais de criação.

Pode-se dizer então que bem-estar é o estilo saudável de se levar a vida no sentido amplo da palavra. Tudo aquilo que tem o poder de nos fazer sentir bem, em todos os aspectos,  contribui positivamente para o nosso bem-estar, seja ele físico, mental, social ou emocional.

Quando temos o emprego que gostamos, bons recursos econômicos, um lar confortável, desfrutamos da presença de pessoas que nos agradam…
Tudo isso dentre muitos outros, são fatores que favorecem para que possamos usufruir de uma boa qualidade de vida. Em contra partida, costumamos ficar de mal humor e nos queixar por não desfrutarmos de algo que julgamos que faria bem ao nosso ego.

Seja como for, devemos aproveitar a vida ao máximo e tirar bastante proveito de tudo que ela tem de bom para nos oferecer, claro que é sensato fazer isso de forma consciente,  moderada e ter toda cautela possível. Afinal de contas, aproveitar o bom da vida não é sinônimo de curtir a vida adoidado sem medir as consequências de nossos atos, muito pelo contrário. É preciso ter muito discernimento e procurar agir sempre de forma sábia, além de abusar do bom senso, principalmente quando se trata de tomar decisões importantes, pois muitas delas irão influenciar em nossos futuros e algumas vezes de forma bastante desagradáveis.

Muitas pessoas desejam desfrutar de melhor qualidade de vida, mas poucas fazem algo em prol dessa razão. Entendemos que não é nada fácil, pois existem pessoais vivendo em condições sobre-humanas em muitas partes do mundo. Talvez se as pessoas que estão vivendo em condições financeiras mais favoráveis, se conscientizassem da necessidade de ajudar a quem realmente precisa, assim o fizessem, já que vivemos num mundo hoje onde compartilhar  é a palavra mais pronunciada. Poderíamos todos gozar de uma vida mais satisfatória.

Envie seu comentário